Peelings

Todas as modalidades de peelings tratam a pele envelhecida ou as cicatrizes por meio da remoção da camada superficial da pele de modo controlado. Essa remoção da área danificada e da epiderme alterada irá estimular a produção de colágeno na derme.

As esfoliações podem ser divididas em três níveis de profundidade.

A superficial vai do estrato córneo à derme papilar (0,06 mm); a médiaprofunda, até derme reticular (0,045 – 0,6mm); a profunda, até derme média reticular (0,6 – 0,8mm), que é o limite de segurança para uma cicatrização adequada. Os agentes utilizados nesses procedimentos podem ser químicos – resorcinol, solução Jessner, tretinoína, 5-fluouracil, ácido tricloroacético (ATA) 10 a 35% e fenol – ou físicos – microdermoabrasão, dermabrasão e laseres.

É interessante ressaltar que os níveis atingidos são muito variáveis e estão na dependência do preparo prévio e tipo da pele, da concentração, da quantidade do agente, do tempo de permanência e tipo do agente esfoliante escolhido: químico ou físico.

Há uma relação direta entre a profundidade da ferida e a regeneração do colágeno. Nas esfoliações químicas, a regeneração também ocorre pela inflamação e, nas esfoliações a laser, a regeneração do colágeno se faz também nas áreas de dano térmico reversível.

Existe um debate sobre a possibilidade de substituição das esfoliações mais profundas pelas superficiais ou muito superficiais realizadas repetidamente, o que produziria resultados semelhantes a uma única profunda. Assim, surgiram os chamados peelings do lunch time, com tratamentos seriados. A escolha do agente e da profundidade está diretamente relacionada à intensidade do envelhecimento, às expectativas, características psíquicas e disponibilidade do paciente.

Os peelings devem ser feitos quando a pessoa não for se expor ao sol. Pode ser feito no verão sem problemas, desde que o paciente se prive do sol por 15 a 30 dias após a realização do procedimento para evitar complicações pela exposição solar. Não devem ser realizados se houver herpes simples em atividade.

A descamação da pele geralmente ocorre entre o segundo e sétimo dia após a aplicação. Pode haver vermelhidão da pele por alguns dias e sensação de pele mais sensível. São prescritos hidratantes reparadores não irritantes para acelerar o processo de regeneração da pele, sabonetes neutros para limpeza e muito filtro solar. Os resultados costumam surgir a partir do décimo quinto dia após o procedimento. Pode ser associado a outros procedimentos.

ESPECIALIDADES:

Dermatologia Estética e Cosmiatria
Dermatologia Clínica e Cirúrgica
Oncologia Cutânea
Dermatoscopia
Tricologia
Cirurgia Plástica
Cirurgia Oncológica
Nutrição
Endocrinologia

ATENDIMENTO

  R. Maria Monteiro 830, Conj. 63, Edifício Office Park. Cambuí.
Campinas – SP / Cep: 13025-151

  +55 (19) 3342-4488

  +55 (19) 99798-2244

  contato@pelledigitale.com.br

  Seg - Sex 8 às 18 hrs

Inscreva-se

Cadastre-se para receber e-mails e mensagens com informações sobre os Cursos:

    Pelle Digitale © 2020. Todos os direitos reservados. Desing por Technosolo MKT & COM.

    Chamar no WhatsApp
    Como podemos ajudar?
    Olá! Em que podemos ajudar?